A Busca

O ano de 2001 mudou o meu caminho. Acompanhando o processo de um câncer que consumiu meu irmão Victor em nove meses vieram os questionamentos sobre vida e morte. Era uma grande perda com uma enorme dor.  Eu perdia um irmão ao mesmo tempo em que descobria o quanto era grande o nosso amor e que éramos cúmplices de trajetória.

Em busca de compreender essa revolução dos meus pensamentos, fui procurar respostas em livros, cursos, terapias alternativas, conversas com amigos, ensinamentos nas mais variadas esferas da espiritualidade. Todas as experiências foram fundamentais para construir hoje o EU SOU O QUE EU SOU. Entre os muitos caminhos que surgiram, dois se tornaram meus companheiros: o Reiki e o Um Curso em Milagres.

Cheguei ao Reiki num momento de desespero por querer parar de fumar. Eu fumava quase 3 maços de cigarro por dia, meu irmão teve um câncer no pulmão e acompanhei o sofrimento. Na primeira aula em agosto de 2002 algo me tocou tão profundamente que decidi que iria estudar quantos anos fossem precisos para conhecer o assunto. Regina Cardozo foi minha mestra nos três níveis de estudo. Ainda fiz com ela os cursos de Karuna Reiki e Magnified Healing, e por fim o mestrado em Reiki. É com o Reiki que eu medito todos os dias e me sinto levada para um espaço que considero o coração de Deus. É um encontro perfeito com a energia mais pura do amor da vida universal, onde eu me coloco humildemente como um canal para receber esta energia e distribuir para quem necessita.

Com Regina Cardozo, a mestra.

Sobre Um Curso em Milagres, cheguei em fevereiro de 2002 através do Dr. Jorge Bastos Garcia, um amigo querido que tem um site para estudos de espiritualidade. Comentei que gostaria de escrever um livro sobre o amor e ele recomendou que antes lesse Um Curso em Milagres. Achei que era um livro simples, possível de encontrar em qualquer livraria, mas quando soube que era só por encomenda o mistério aumentou. E quando se está num tema, o assunto surge em todos os cantos e uma amiga me deu o livro “Um Retorno ao Amor”, de Marianne Williamson , a melhor introdução a este assunto. Era tudo o que o meu coração pedia.
Um Curso em Milagres não é uma religião, não é uma filosofia nem é um programa espiritual que está na moda. É um livro muito difícil de ler, dividido em três partes: o curso (721 páginas), os exercícios (365) e o livro do professor totalizando 1200 páginas. Atribui-se este curso não a uma pessoa, mas a uma voz interior que ditou durante 7 anos (meados da década de 60) para a pesquisadora e psicóloga americana Helen Schucman este texto. Auxiliada pelo também psicólogo Bill Thetford, ambos do Departamento de Psicologia da Universidade de Columbia, o livro se transformou em sucesso num grupo pequeno de intelectuais em 1976 e em pouco tempo ganhou o mundo. Existem diversos sites e professores de Um Curso em Milagres que disponibilizam encontros em grupos.


O que mais me encanta neste estudo é que um dos seus propósitos é nos lembrar quem ou o que nós somos através da prática do perdão. Perdoando aos outros eu permito perdoar a mim mesmo.
Nada real pode ser ameaçado.
Nada irreal existe.
Nisso está a paz de Deus.”

2 Respostas para “A Busca

  1. Marcia Tristao Bennett

    Léa, acabo de descobrir este seu espaço e estou , simplesmente, encantado com todos os seus textos/entradas! Estive com voce no navio /RC em 2008, nos falamos e vc me falou sobre o RC ter guardado todos os pares de sapatos/particulares da Maria Rita com o maior carinho, justo quando o navio passava em frente a casa do RC, aqui na Urca. Meu pai, falecido, médico era muito amigo da Lalá e por consequencia sou amiga do Carlinhos e Fatima. Nesta fase de minha vida, estamos nos mudando da California p o RJ – sou carioca, apos 20 anos. Ou seja, estou me adaptando ao RJ!
    De toda forma, adorei seu espaço, e vou te acompanhar porque aqui tem muita coisa maravilhosa para uma pessoa que gosta de espiritualidade como eu. Adoro Chico Xavier! Parabens pelo seu espaço! Carinhos!
    Márcia Tristão-Bennett

  2. Pois é. Os caminhos levam a DEUS. É assim que eu vejo, sinto. è muito bom saber que você encontrou esta PAZ. Eu estou…quase lá.
    É isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s