Arquivo da tag: depoisdos70

Carta para uma amiga

Minha loura querida,

Li sua crônica (link abaixo)… Feliz com seu passeio pela Lagoa… Não podemos nos privar destes pequenos prazeres, visto que em nossa idade os prazeres são bem outros… Uma brisa do mar, uma bela paisagem, um afago dos netos, uma atenção do filho, a vitória de um amigo frente a qualquer desafio, são alegrias que enchem nossos dias e muito mais verdadeiros do que aqueles quando acreditávamos que o grande barato eram as festas magistrais, muito divertidas, mas que passaram, assim como as ressacas e aquele gosto horrível de cinzeiro, pois fumávamos feito chaminé…

E nestes novos tempos, creio que devemos cuidar tanto da nossa saúde física como da mental. É isto que desejo do fundo do meu coração, para mim e para os que amo. E ter também uma casa confortável, uma família unida e amigos queridos… E ter sonhos muitos, sempre, projetos os mais variados para avivar a criatividade, mesmo que seja escrever um livro que está ainda no primeiro parágrafo, refazer a horta, aprender kabbala, ou uma colcha bordada ainda nas primeiras linhas…

Mas quero revelar um segredo, que pode parecer uma loucura:  abstraí da minha vida qualquer assunto que possa me tirar do sério, causar mau humor, dar engulhos, como as questões políticas… Não me dou ao direito de me sentir aviltada, ofendida ou invadida pelas loucuras do planeta, afinal o caos político é geral, e o nosso é apenas um quadrado da colcha de retalhos… Claro que a colcha está em cima da minha cama, mas posso virar de lado e não me alimentar deste pandemônio.  Na real, no frigir dos ovos, o que nos resta são nossos conhecimentos, as experiências do que já vivemos, vimos e aprendemos.  Isto sim vale ouro, um patrimônio que ninguém nos tira…

Loura, aprendi com a maturidade que só me tira o sono doença ou desemprego de alguém que quero bem, e se nada posso fazer rezo e procuro manter a mente sã.  Sem receita de meditação, apenas me manter no eixo, nas boas palavras, bons pensamentos e bons alimentos, como bordei em algum lugar… Querida, mantenha seu astral no alto, as boas risadas, ótimas conversas e isso aumentará também sua imunidade… Um terço na mão, a fé no coração e a pandemia vai passar sim, assim como algum dia a política ganhará outro rumo como vimos em todos estes anos… No que consta do efeito vírus, sou sincera, não creio que o mundo irá mudar como um toque de pirlimpimpim … Muitas pessoas tiveram oportunidade para refletir e quem sabe escolher outro caminho… Porém, políticos corruptos continuarão, maus caráteres sobreviverão, doenças permanecerão nos laboratórios em busca de cura… Ao mesmo tempo que os dias nascerão e morrerão sempre lindos, as flores continuarão alegrando os caminhos, amores existirão e nós vamos rir de tudo isso tomando um whisky duplo pois ninguém é de ferro…

Em tempo :

  1. esta foto é dos nossos 50 anos….
  2. esta foi a crônica Caminhando e cantando na Lagoas