Desafios

E você acorda vê o céu azul, o jardim esta verde, percebe como as árvores cresceram nestes 34 dias distante e no meio do primeiro gole do café o telefone toca e a noticia é bombástica. Na madrugada o coração parou. Mas como parou ? Por que ? E não há resposta.
O café fica na xícara, o céu continua azul, as árvores frondosas, o jardim verde mas alguma coisa mudou. Não importa mais as pequenas manchas de sol (ou de senilidade?) que surgiram nas mãos, nem a constatação de uma certa flacidez nos braços. Vale que ainda tenho um coração que bate e tenta imaginar o tamanho da dor do pai que perdeu a filha. Vale ainda ter este dia para agradecer pela vida e fazer uma prece tendo como trilha sonora o bater das ondas do mar e as folhas da enorme amendoeira que me protege.
Vale lembrar que os desafios surgem quando menos esperamos e a vida é um presente a cada dia.

Enviado do meu BlackBerry® da TIM

Anúncios

3 Respostas para “Desafios

  1. abrir os olhos para todas as manhãs,
    senti-las, sempre.
    beijos.

  2. Coisa mais triste é perder um ser que se ama, pior ainda é ouvir que “a vida continua”, pois nessas horas não há nada que console, só o tempo traz o costume. É só isso. Há uma caixinha onde se guarda a dor, é então cuidar de não abrir a tampa, pois a dor fica lá, intacta, impávida, impiedosa…

  3. MARIA JOSÉ DE VASCONCELOS ANDRADE

    UM PAI ENTERRAR UM FILHO…SENTIMENTO PIOR NÃO DEVE HAVER. O SOL VAI CONTINUAR BRILHANDO, AS FLORES SE ABRINDO,OS PÁSSAROS CANTANDO. MAS,PARA ESSE PAI ESSE MOMENTO DIFÍCIL JAMAIS SERÁ ESQUECIDO.
    BEIJOS LÉA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s