Fim do domingo

Creio que fui uma das primeiras a entrevistar Marcos Paulo chegando ao Rio de Janeiro para estrear como ator na novela “Pigmalião 70”, escrita por  Vicente Sesso e dirigida por Régis Cardoso… Era um tempo de poucas revistas sobre celebridades, raros espaço nos jornais para falar sobre a TV que ainda era considerada um sub produto… Eu não imaginava aonde a TV ia chegar, creio que nem ele vislumbrava mais de 40 anos na mesma emissora, mas uma coisa tínhamos em comum : acreditávamos que aquilo era um bom começo para ambos. Eu tinha muito pouca experiência e Marcos Paulo talvez soubesse mais de atuação do que eu de jornalismo… Apesar de bem garoto, moreno bonito, cabelos cacheados, ele já tinha conhecimento profissional na relação com a família.  Sesso era seu pai adotivo e convivia com o teatro em casa… Chegava como uma revelação num tempo em que toda a TV Globo se resumia ao prédio na Rua Von Martius onde ficavam os estúdios de gravação, jornalismo, auditório e havia um terraço com uma esplendorosa vista para o verde das matas que cobriam o bairro do Jardim Botânico, onde se podia fazer entrevistas com os artistas e foi ali que conversamos longamente. Lembro de seu jeito muito tímido, fala mansa e muito educado… Esta novela marcou sua estreia e também do autor Vicente Sesso, trazendo para o horário das 7 o humor, charme e leveza que acabou se tornando uma marca. Muito triste encerrar um domingo com gosto de perda de alguém que foi referencia em sua vida…Ele podia não saber, mas eu nunca esqueci que começamos juntos…

 

 

Anúncios

2 Respostas para “Fim do domingo

  1. E estamos perdendo tantos, 2012 vai deixar um buraco imenso!
    Que os anjos recebam nosso querido Marcos! Muita luz para ele!

  2. Lea, você sempre tem algo a acrescentar na biografia dos artistas brasileiros. Na sua profissão isso era uma rotina, contar para nós o que acontecia nos bastidores. Acompanhei seu trabalho por muitos anos desde a revista Amiga e outras revistas. É verdade que muitos outros reporters fizeram o seu mesmo ofício, mas voce se destacou por ser autentica, inovadora e ética.
    Fui fan do Marcos Paulo desde Pigmaleao 70; tinha 13 anos na época, e colecionava postres dele nas revistas.
    Ele vai deixar muita saudade para todos, mas temos de entender e desejar paz para o espirito dele.
    Um grande abraço. Nonato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s