Sonhos

Saí da cama correndo com o telefone tocando. Me atirei pela escada e o dia começou num susto. A ligação caiu, quem seria àquela hora? Não tive tempo de fazer preguiça na cama, lavar o rosto, trocar a roupa, meditar… E já que estava em pé, ainda de camisola abri as 9 portas e janelas da casa,  dei comida para os cachorros e fiquei olhando o céu azul enquanto esperava a chaleira apitar avisando que a água estava quente para passar o café. E a manhã foi correndo. O pão chegou  quentinho da padaria, os passarinhos comeram a casca do mamão, o céu acinzentou e quando voltei ao quarto muita coisa ja tinha acontecido…Ao abrir a porta percebi que ainda havia um cheiro de noite no ar, como se os sonhos ainda estivessem adormecidos nos travesseiros. Escancarei a janela e sacudi bem os travesseiros para que os sonhos voassem antes da chuva, quem sabe pegariam carona nas asas de algum passarinho, ou o embalo numa rajada de vento e fossem prá bem longe, naquele local do infinito onde se transformam em boas realidades. Espero um milagre.

 

Anúncios

3 Respostas para “Sonhos

  1. Que beleza!

    Enviado via iPhone do Roberto Abramson.

  2. sonhe sempre.
    a vida fica mais bonita.

  3. Sonhar, não custa nada… já dizia a canção e milagres esperamos todos, afinal somos brasileiros…. Que os seus se realizem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s