Sonhos

Saí da cama correndo com o telefone tocando. Me atirei pela escada e o dia começou num susto. A ligação caiu, quem seria àquela hora? Não tive tempo de fazer preguiça na cama, lavar o rosto, trocar a roupa, meditar… E já que estava em pé, ainda de camisola abri as 9 portas e janelas da casa,  dei comida para os cachorros e fiquei olhando o céu azul enquanto esperava a chaleira apitar avisando que a água estava quente para passar o café. E a manhã foi correndo. O pão chegou  quentinho da padaria, os passarinhos comeram a casca do mamão, o céu acinzentou e quando voltei ao quarto muita coisa ja tinha acontecido…Ao abrir a porta percebi que ainda havia um cheiro de noite no ar, como se os sonhos ainda estivessem adormecidos nos travesseiros. Escancarei a janela e sacudi bem os travesseiros para que os sonhos voassem antes da chuva, quem sabe pegariam carona nas asas de algum passarinho, ou o embalo numa rajada de vento e fossem prá bem longe, naquele local do infinito onde se transformam em boas realidades. Espero um milagre.

 

3 Respostas para “Sonhos

  1. Que beleza!

    Enviado via iPhone do Roberto Abramson.

  2. sonhe sempre.
    a vida fica mais bonita.

  3. Sonhar, não custa nada… já dizia a canção e milagres esperamos todos, afinal somos brasileiros…. Que os seus se realizem!

Deixe uma resposta para Maria Luiza Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s