Ridículo !

Num vôo para o nordeste com algumas escalas, me deparei na sala de embarque do aeroporto de Fortaleza com uma confortável poltrona para relax. Achei o máximo descansar alguns minutos numa poltrona de couro! Uma placa no braço mostrava o local para colocar uma nota de 2, 5, 10 ou 20 reais para ter o mesmo valor em minutos de descanso. Sentei na poltrona e arrisquei 5 reais. Antes de me dar conta, braçadeiras de couro agarraram minha pernas enquanto a cadeira foi se deitando e começou o meu maior ridículo em publico. A poltrona tremia e os que estavam de fora so viam o meu corpo balançando. Não tinham noção do que provocava tudo isso. Motores como bolinhas circulavam por todo o meu corpo, da base da coluna a ponta da cabeça, com movimentos ora tensos, outros lentos e ainda alguns que faziam cócegas. Em alguns momentos pressionavam as minhas ancas e passavam por bases de arrepiar. Fincadas nos gluteos, pressão na nuca. De olhos fechados imaginei toda a sala de embarque ao meu redor vendo a cena patética. Pensei em levantar no meio da operação mas temi que uma mão gigante saísse de algum lugar e me puxasse de volta à tortura. Seria uma vergonha maior ! Alguns movimentos frenéticos me faziam imaginar que quando concluissem os 5 minutos dos mais insanos 5 reais que gastei em minha vida, eu seria cuspida da cadeira. Cheguei a prever que se houvesse esse momento eu tentaria sair jogando beijos. E o tempo na acabava. Tive medo de abrir os olhos e ver a cena a minha volta. Respirei fundo e tentei me acalmar. Nada a fazer senão esperar. Que coisa mais absurda uma cadeira dessas no meio de todos sem qualquer privacidade! Me senti como se estivesse escovando os dentes ou cortando as unhas do pé em publico.
Mas assim como me agarrou me soltou. Levantei, ajeitei a echarpe no pescoço, peguei a mochila e elegantemente saí como se nada tivesse acontecido. E continuo esperando o vôo.
Enviado do meu BlackBerry® da TIM

Anúncios

4 Respostas para “Ridículo !

  1. Léa, amei sua experiência e ri demais como você a retratou !!! Beijos, Delmário

  2. Ótimo, Léa. Mande mais dessas!!! E o seu corpo, relaxou ou não relaxou?
    Bj. Fridão.

  3. Kkkkkkkk!!!!!!!
    Morri de rir só imaginando a cena…

  4. Menina, ri muito e imaginei a cena. Passamos por cada uma, né? Relaxa, ninguém vai te ver mais.
    Ótimo texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s