“O homem não morre quando deixa de viver, mas quando deixa de amar”

Durante um bom tempo ela ficou fechada. Quem andava pela vila encontrava a construção com a cruz no alto, as paredes amarelecidas, a porta com rachaduras, o mato crescido em lugar de jardim e o sino em silencio. A Igreja de Santo André, construída há pouco mais de 16 anos, estava abandonada. Não haviam missas, nem padres, nem leigos que pudessem fazer alguma celebração…   A pandemia fez com que o distanciamento aumentasse. Alguns fieis procuraram outras igrejas para suas preces, ou simplesmente desativaram o hábito de ir à missa…

Já passaram por nossa igreja noviços com poucas experiências, simpáticas freiras que faziam das missas uma alegre celebração, padres recém oficializados que apenas liam a liturgia sempre no mesmo tom, alguns experientes porém distantes dos fiéis, até que no início deste ano, com a chegada de um novo pároco à cidade de Santa Cruz Cabrália, Vila de Santo André passou a ter missas aos sábados às 9 horas, com o Padre Ivan e Padre Evanildo.

Nada na vida se compara à experiência, à paixão e ao conhecimento do que se faz. Não estou defendendo em causa própria, mas só o tempo nos dá a verdadeira medida do que acreditamos e professamos. O Padre Ivan, com seus cabelos brancos e boa quilometragem rodada em altares e pregações, tem a sensibilidade de perceber qual é a plateia que o aguarda, o que querem ouvir e o que ele deve passar…. Na missa de ontem, com a presença de alguns turistas e uma jovem que aos poucos está descobrindo a igreja, na Homilia, quando fez a pregação em estilo mais familiar explicando o tema evangélico, detalhou os momentos da missa e lindamente intercalou a Shemá Israel* (ouve Israel) constante do Evangelho** do dia com pensamentos de Charlie Chaplin – “o homem não morre quando deixa de viver, mas quando deixa de amar” e Santo Agostinho – “é preciso compreender para crer, e crer para compreender ”.  Só não aplaudi por que não era o caso, mas me senti profundamente feliz…

Gosto do exercício da fé. Ir à missa me faz voltar à infância, uma relação de paz, sem medo do inferno nem promessas do céu, um ambiente para ouvir o coração, refletir, agradecer… Sinto um silencio em mim, algo que não explico, apenas vivencio e me emociono. Desde a chegada do Padre Ivan tem sido um grande deleite frequentar a missa… quanta diferença faz….

*Shemá Israel (Ouve Israel) são as duas primeiras palavras da Torá. 

** Evangelho Marcos 12:28-34 Aproximou-se dele um dos escribas que os tinha ouvido disputar, e sabendo que lhes tinha respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos?
E Jesus respondeu-lhe: O primeiro de todos os mandamentos é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.
E o escriba lhe disse: Muito bem, Mestre, e com verdade disseste que há um só Deus, e que não há outro além dele;
E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios.
E Jesus, vendo que havia respondido sabiamente, disse-lhe: Não estás longe do reino de Deus. E já ninguém ousava perguntar-lhe mais nada.

Foto da missa do sábado 30 de outubro…

Uma resposta para ““O homem não morre quando deixa de viver, mas quando deixa de amar”

  1. Hoje fui ao cemitério. Não sabia que me faria tanto bem.
    bora você. Suas palavras me fizeram muito bem Fotos são importantes, devemos cultuar o que faz bem à alma. Deu muita vontade de ir à missa com você, minha querida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s