Fim do dia…

Praia de Jacumã, Vila de Santo André, BahiaTenho duas vidas em uma. Às vezes sou rural, outras urbana. Como o Clark Kent se transforma em Super Homem, num click passo de 110 para 220V  ao cruzar de balsa o rio João de Tiba. Enquanto rural permaneço conectada com a cidade, mesmo que falando ao telefone andando descalça pelo quintal e vendo que as abelhas expulsaram os periquitos da casa do cupim e pensando como resolver este problema… Até agosto de 2004 eu jamais tinha morado em uma casa no campo ou na praia. Hoje tenho dois em um, uma casa na praia e em região rural, com isso tenho que estar atenta ao efeito da maresia nos aparelhos eletro eletrônicos, o cuidado com as formigas que já devoraram todos os componentes de uma impressora /copiadora /scanner /fax e a constatação que apesar da poda há pouco mais de 2 meses as árvores estão repletas de novos galhos… Enquanto escrevo passa um macaquinho num galho perto da varanda do escritório e na seqüência sei que Xico e Bella vão latir…

As luzes do jardim acenderam com a fotocélula sincronizado com as estrelas no céu. Tem um silencio que só é cortado pelas cigarras anunciando mais sol amanhã, vem o cheiro da seiva da almescla escorrendo pelo tronco da arvore que foi machucado e uma lua minguante … Contrastando com este cenário bucólico meu notebook permanece urbano e não para de receber emails buscando informações sobre a chegada do Paul McCartney, dados do show, credenciamento de imprensa, como comprar camarotes ou fazer uma entrevista em Londres…E eu não tenho o que dizer ! Só sei que o mundo ficou muito pequeno e tudo tão perto… Como hoje é sexta-feira só me resta tomar um whisky e ouvir “And I Love Her”, “Eleanor Rigby”, “Something”, “Let It Be”, “Hey Jude”, “Blackbird” e “Yesterday” …

(Foto : Cláudia Schembri – Praia de Jacumã, Vila de Santo André, Bahia)

Anúncios

Uma resposta para “Fim do dia…

  1. Que foto maravilhosa!
    Léa, no texto só faltaram as cigarras.No litoral não tem?
    Alguém que morou no campo, me disse que elas aparecem com um intervalo de quatro anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s