Jejum

Abri a geladeira e me deparei com as cervejas geladinhas e o espumante português sorrindo prá mim. Uma tentação nesse calor da Bahia ! No pequeno bar do armário antigo as garrafas de whisky  (adoro uma pequena dose eventual ao anoitecer) também estão me olhando. Mas todos podem continuar em seus lugares pois entrei na quaresma. Há alguns anos, nem sei bem porque, comecei a fazer uma espécie de jejum nestes 40 dias que vão da Quarta-feira de Cinzas ao Domingo de Ramos. Faço mais longo, dou mais 7 dias e sigo assim até a Páscoa. Abro mão de coisas que gosto por este período vigio os pensamentos e procuro desacelerar.

Com a viagem à Jerusalém, tendo na mente um cenário vivo da historia do catolicismo, esta Quaresma ganhou um sabor especial. Devo ter estudado em algum tempo, mas foi na pesquisa para o livro “Um Show em Jerusalém”, que aprendi mais um pouco. A Quaresma não surgiu após a morte de Jesus, foi uma criação da Igreja mais há de 300 anos depois do seu nascimento. Neste tempo o Imperador Romano Constantino que era pagão e adorava Zeus, se converteu ao cristianismo por influencia de sua mãe Helena de Constantinopla que numa peregrinação à Terra Santa localizou em Jerusalém uma cruz que foi tida como a de Jesus e ordenou a construção no local da Igreja do Santo Sepulcro. Dentro desta Igreja existem várias capelas sendo uma delas dedicada à Santa Helena, a própria mãe do Imperador…

Fiquei encantada com sua historia, pois imaginem uma mulher com quase 80 anos chegar a Jerusalém e sair em busca da cruz de Cristo… Consta que a teria encontrado entre varias cruzes, e para identificar qual era a de Cristo, colocou doentes sobre elas… O que se curou foi testemunho do milagre… Mas toda esta historia é fascinante. Constantino era um obcecado por conquistas, como diria minha mãe, “acendia uma vela para Deus e outra para o diabo”. Ao mesmo tempo em que adorava Zeus, consta que uma noite antes de sair para uma batalha sonhou com uma cruz e nela estava inscrito em latim “In hoc signo vinces” (Sob este símbolo vencerás). De manhã, um pouco antes da batalha, mandou que pintassem uma cruz nos escudos dos soldados e conseguiu uma vitória esmagadora sobre o inimigo.

Constantino casou por interesse com uma menina de 7 anos, filha do inimigo, e anos depois mandou matar o sogro, mandou matar também um filho de uma relação extra conjugal, e acho que tentou garantir um lugar no Céu ao declarar a religião cristã como legal e livre, anulando o vínculo do Estado Romano com a igreja pagã. Com isso os bens imóveis e os templos foram devolvidos aos cristãos que foram perseguidos e muitos pagãos quiseram entrar para a Igreja Católica. Foi neste tempo que se estabeleceu a Semana Santa, antecedida dos 40 dias de Quaresma. Um período de longa penitencia que incentivava a realização das festas populares nos três dias que antecediam a Quarta-feira de Cinzas, ou seja, o que hoje é Carnaval. Para se chegar a esta data a conta é feita de traz prá frente. O Domingo de Páscoa acontece no primeiro domingo após a primeira lua cheia a partir do equinócio da primavera (no hemisfério norte) ou do equinócio de outono (hemisfério sul) e a Sexta-feira da Paixão antecede o Domingo de Páscoa… Com isso, a terça-feira de Carnaval é 47 dias antes…

Adoro os simbolismos e, segundo a Bíblia, o número 4 representa o universo material. Os zeros que o seguem significam o tempo de nossa vida na terra, suas provações e dificuldades. 40 foram os dias do dilúvio, foram os anos de peregrinação do povo judeu pelo deserto, foram os dias que Jesus passou no deserto antes de começar sua vida pública… Estes 40 dias de Jesus no deserto depois de ter sido batizado por João no Rio Jordão, são muito significativos. Foram dias de reflexão, de preparação para seguir a sua missão… E que missão!!!  Sendo assim, ficar 40 dias sem álcool, chocolate e carne vermelha não é nada…

Anúncios

Uma resposta para “Jejum

  1. Bravo Léa Penteado! Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s