Conhecer

Lembro de ainda na adolescência ver nas revistas de fotonovela publicidade do Instituto Universal Brasileiro oferecendo cursos à distância, de corte costura à eletrônica, tudo chegava através do correio, e pensava quem fazia essas aulas e qual o grau de aproveitamento. Quando morei nos Estados Unidos conheci o que era garbage mail, um volume enorme de correspondência que chegava na caixa de correio oferecendo tudo o que a mente humana pudesse produzir, de roupas a cursos. Quando vim morar na Bahia, cheguei a me entusiasmar em fazer uma faculdade de história à distância, mas como a internet era discada – alguém não sabe o que é isso? – desisti … Em tempos de pandemia, os cursos floresceram mais que mato no meu gramado. Além das aulas de como fazer máscaras, pães e receitas da Rita Lobo, tenho me deliciado com cursos na Casa do Saber – fiz um de storytelling (muito legal!), de Kaballah com o Shmuel Lemle e o mais recente de Inteligência Emocional  – Search Inside Yourself – com Bianca e Guido Padovano que tem sido uma viagem, uma experiência pra lá de legal… 

A esta altura da vida, depois de anos no divã do psicanalista, curso de meditação para desligar a tensão do Rock in Rio em 1991, cinesiologia para deixar de fumar, neurolinguística para superar medos, formação em Reiki para entender a vida, constelação familiar para compreender a importância dos antepassados, só me faltava um curso para ativar a performance, liderança e ir em busca da felicidade…  Mindfullness, reconhecida como o grande pulo para o autoconhecimento da atualidade, é apontada como a ferramenta do momento… E tem sido bem revelador perceber que, repetindo, a esta altura da vida, ainda tenho o que aprender…

A bem da verdade, sempre acreditei que o dia que deixar de aprender, nem que seja o nome de uma árvore que está destruindo algumas tubulações do encanamento de casa, ou a ter uma percepção mais fina dos movimentos da maré, a vida terá acabado… Não vou dar spoiler dos caminhos que Bianca e Guido estão me levando a interagir em uma sala com quase 30 pessoas, de idades variadas, e com o auxílio de uma ferramenta incrível do Zoom, em determinados momentos ser levada para salas privativas, encontrar alguém que nunca vi e desenvolver exercícios bem interessantes… E estou revendo coisas que fazem me sentir viva, os meus desafios, as coisas que me irritam e quem eu sou quando estou no meu melhor…. Mas até agora a medalha de ouro vai para o aprofundamento sobre um tema fantástico: autocompaixão…

Jesus, como passei tanto tempo sem me ater a este tema… Que maravilha a nossa mente, seus meandros, gatilhos, sabotagens… Estou de olho em mim, estou com um olhar bem diferente para o outro, conhecendo o meu estado interno, as minhas preferencias, quais são meus recursos e minha intuições, como aponta Daniel Goleman, escritor “pai” da “Inteligência Emocional”, seu primeiro livro em 1995. Outro dia numa live com a Kika Gama Lobo, me defini com uma mulher sem limites. E é isto que me alimenta e me faz acordar numa alegria enorme, nem que seja apenas por perceber que está sol depois de algumas semanas de chuva, aproveitar a maré baixa, andar na praia e registrar a cena da foto acima… Aguardem a minha nova versão…

Para quem quiser conhecer https://siyli.org/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s