Confissões inesperadas

Imagem

Na noite estrelada a beira do rio, sentada com amigas num restaurante falávamos de amores encantados. A lua crescente abriu os corações e segredos passaram a ser revelados. Uma das amigas contou sobre uma relação mágica, um amor enorme, repleto de impossibilidades. Quando ele morreu, durante algumas semanas ela rezou por sua alma, até o dia em que ele deu sinais além da existência e ela concluiu que era tempo de deixar na paz.  Voltei prá casa com a história na cabeça, amores proibidos são inesquecíveis e quando sobrevivem além da morte são mais tocantes.

Algumas semanas depois, na mesma mesa, com outro grupo de amigas falávamos sobre a atração que alguns lugares exercem sobre nós. Por mais que tentemos ir embora é como se nossos pés criassem raízes e fosse uma tarefa inútil tentar move-los. Vai-se e volta-se à mesma base.  E como em todas as conversas que envolvem mulheres tem um caso de amor, uma contou seu relato de um amor também encantado que a mantinha presa a um local e que agora tentava se libertar indo para bem longe. Outro amor surgiu e estava num ritmo de descobertas. Entretanto o amor antigo se fazia presente e no desenrolar da historia percebi que o homem em questão era o mesmo da historia que ouvi dias atrás na confissão da outra amiga.

Não falei sobre a coincidência. Pedi mais um copo de vinho e entendi aquela mesa como um confessionário, depositório de declarações de afeto sobre a mesma pessoa, mas com pontos de vista diferentes. Em cada historia o sentimento de um amor único, só seu. Voltei prá casa pensando como o amor se torna especial para quem vive. É exclusivo, feito sob medida para o seu coração. Não importa do lado que esteja, o amor chacoalha, mexe, eleva, enleva, sangra e faz explodir. Ora em ódio, ora se multiplica em mais amor. E seguiram as duas neste verão com suas memórias, sem se cruzar nem na calçada do mesmo restaurante, enquanto ele descansa em paz.

Foto : Cláudia Schembri

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s