A casa

IMG00078-20130524-1228Um dia o filho sai de casa, muda de cidade, faz seu estilo de vida. Escolhe onde morar, a parceira, o lençol com a estampa favorita, a toalha para se enxugar, os copos, panelas, enfim, vive ao seu gosto.

Um dia a mãe visita o filho e encontra uma casa com um jeito diferente. Não é mais como a casa que seu menino cresceu. Alguns objetos do passado permanecem em uma estante na sala, fotos amarelecidas em porta retratos com os sorrisos dos pais e da sua infância, uma taça de cristal da vovó, o prato da parede com o brasão da bisavó, enfim, referencias da vida.

A mãe senta-se no sofá e o filho deita em seu colo como se tantos anos não tivessem passado. O homem é apenas o menino que cresceu rápido e hoje tem seus próprios desafios. É o trabalho, o coração, o futuro, muito que se preocupar.  E a mãe nada tem a fazer a não ser pedir licença para arrumar as estantes de CDs, DVDs e livros, organizar papéis e remédios em caixas, preparar um almoço, lavar a louça e ficar admirando o filho que é feliz do seu jeito. Não cabe julgar, só pedir que Deus o proteja.

Anúncios

2 Respostas para “A casa

  1. Muito lindo, Leleca!!! Nossos meninos nunca foram nossos, né? Foram emprestados e estão aí vivendo, lutando, rindo, sofrendo, amando… Como nós fizemos. Aliás, ainda fazemos. Feliz é o Bê de ter uma mãe como você.

  2. Peço todos os dias a Deus e a Nossa Senhora que o proteja, mas não organizo cds, não lavo louça, não mexo em nada.
    Mas estou fazendo (construindo) um estúdio pra ele em minha casa, kkkkkk!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s