A tal da idade

unnamed (6)

Éramos 10 mulheres jantando nhoque, tomando vinho e festejando o aniversário de uma delas. Ríamos e falávamos muito. Mulheres barulhentas e divertidas, nove já tinham passado dos 60, era muita falação e  de repente uma perguntou: que idade nós temos ? Somos adolescentes ou já passamos dos 20? Foi aí que cada uma entrou em reflexão concluindo a idade interna. Umas poucas se achavam com 80, a grande maioria se sentia na casa dos 30.

“Não posso me olhar no espelho, quem está ali não sou eu, ainda tenho 30 anos” declarou a argentina que estava sentada na cabeceira da mesa…  E este assunto rendeu boa parte da noite e a conclusão é que ninguém percebe a idade que tem… Um dia depois, assistindo a entrevista do Zuenir Ventura e do Luiz Fernando Veríssimo ao Roberto D`Avila na Globo News o mesmo tema retornou com uma frase ótima, não sei de qual dos dois, mas a realidade é que nós não sabemos como é envelhecer… Pura verdade…. E concluo com meus botões, assim como não sabíamos o que era ser jovem e fizemos tantas loucuras, e não tínhamos ideia do que era ser criança e deixamos tanto tempo bom passar…

A vida não vem com manual, é entender dia a dia o que vai rolando… As vezes uma confusão de ideias, em outras uma luz que norteia os pensamentos, mas é difícil compreender novos processos quando já experimentamos tantos na base da descoberta, simplesmente metendo a cara… Não dá mais pra ignorar que cigarro e obesidade fazem mal à saúde. Se queremos ter longa vida e saudável  temos que comer fibras e folhas, controlar a gordura, esquecer a nicotina, fazer caminhadas, dormir bem, controlar o açúcar, olho firme na pressão arterial e não deixar se resvalar pela convidativa depressão … Rir ainda é muito bom, estar com amigos melhor ainda e acreditar que ainda se tem 30 ou 40 anos não é crime… Vale sair de mini saia, amarrar o cabelo num rabo de cavalo, usar biquíni, calça apertada, cada um que administre seus ridículos da forma que quiser…

Tenho alguns amigos que estão planejando chegar aos 75 anos para chutar o balde… Depois dessa idade vão fumar, beber e fazer todas as loucuras que quiserem… O que vier é lucro … Ainda estou em dúvida se me filio a esta turma pois na verdade o meu foco está nos 85 anos…Quero muito chegar lá, e quem sabe depois disso, libero geral…

 

Anúncios

3 Respostas para “A tal da idade

  1. Léa querida, estou “envelhando” feliz. (rsrs). E rindo.

  2. excelente texto,Lea! e verdadeiro!

  3. Bom saber que não sou a única que pensa assim…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s